Saiba como vulcões submarinos são importantes para o clima do planeta

Vulcões submarinos, claro, são aqueles que estão abaixo da água. São bastante comuns em certos fundos oceânicos, principalmente na dorsal meso-atlântica. São responsáveis pela formação de novo fundo oceânico em diversas zonas do globo. Um exemplo deste tipo de vulcão é o vulcão da Serreta no Arquipélago dos Açores.

Uma ampla rede de vulcões submarinos bombeando água rica em nutrientes para o oceano Meridional exerce um importante papel na absorção de grandes quantidades de dióxido de carbono, funcionando assim como um freio para a mudança climática, segundo cientistas australianos e franceses. Eles demonstraram pela primeira vez que os vulcões são uma importante origem do ferro que o fitoplâncton (plantas unicelulares) usa como alimento, absorvendo o CO2 nesse processo.

Os oceanos absorvem cerca de um quarto do CO2 resultante da queima humana de combustíveis fósseis e do desmatamento. O trecho de oceano entre Austrália e Antártida está entre as maiores “fossas de carbono”.

Vulcão submarino em erupção

O fitoplâncton é a base da cadeia alimentar do oceano. Quando esses organismos morrem ou são comidos, levam consigo grandes quantidades de carbono, que acabam absorvidas pelo leito marinho, armazenando o carbono durante séculos.

Vários estudos já mostraram que os vulcões submarinos liberam ferro, “mas nenhum estudo levou em conta isso em um nível global nem considerou sua importância para o armazenamento de carbono no oceano Meridional”, segundo um dos autores da pesquisa no Centro de Pesquisa Cooperativa sobre o Clima e os Ecossistemas Antárticos, em Hobart, na Tasmânia.

Os vulcões estão espalhados ao longo de cordilheiras marítimas que marcam o limite entre grandes placas tectônicas. O estudo se baseou em medições de quanto ferro existe no oceano Meridional a profundidades de até 4.000 metros.

Em Abril de 2010 os cientistas descobriram o vulcão submarino mais profundo do planeta, usando um submarino manejado por controle remoto. Segundo eles, o vulcão submarino, que fica no Caribe, poderia abrigar nas águas ferventes do seu interior espécies marinhas e talvez tenha pistas sobre a origem da vida na Terra.

Os especialistas a bordo do submarino James Cook disseram ter descoberto o vulcão a cinco quilômetros de profundidade, numa região do Mar do Caribe conhecida como Fossa Abissal das Caimãs. A região é um espaço aberto no fundo do mar, que foi cenário do filme “The Abyss” (No Brasil, O Segredo do Abismo) de 1989, do diretor James Cameron.

About these ads

2 Respostas to “Saiba como vulcões submarinos são importantes para o clima do planeta”

  1. Herik Rocha Says:

    Os vulcões são importantes para o nosso planeta?

  2. Ministério da Saúde Says:

    Olá, blogueiro(a)!

    Através do programa Saúde Não Tem Preço, agora os brasileiros passam a ter acesso gratuito aos medicamentos para controle da diabetes e hipertensão.
    Seja nosso parceiro e utilize seu espaço para divulgar esta novidade. Se tiver interesse em colocar algum material da campanha em seu blog, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br

    Para saber mais sobre a campanha, acesse: http://www.saudenaotempreco.com
    Você também pode nos seguir no Twitter: http://www.twitter.com/minsaude
    Obrigado,
    Ministério da Saúde


Deixe uma resposta - Lembramos que não serão permitidos comentários com conteúdo ofensivo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 8.002 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: