ONU apresenta campanha ‘O futuro que queremos’ para a Rio+20: participe!

A Organização das Nações Unidas (ONU) lançou nesta segunda-feira (28), no Rio de Janeiro, a campanha “O futuro que queremos” para começar a promover o encontro Rio+20, conferência sobre desenvolvimento sustentável que será realizada em 2012 na capital fluminense, 20 anos após a ECO-1992. A partir do evento desta segunda-feira, as Nações Unidas irão desenvolver ações no mundo todo para conscientizar as pessoas sobre a importância da conferência de 2012 para os próximos anos. Por isso foi escolhido o tema “o futuro que queremos”.

A ONU espera que chefes de estado dos 193 países membros participem da Rio+20 no ano que vem. A ação lançada nesta segunda-feira, no entanto, pretende mobilizar outro público: a sociedade civil. Qualquer pessoa, de qualquer lugar poderá enviar mensagens escritas, cartas, desenhos e vídeos para a ONU por meio do site www.futurewewant.org ou para a sede do Centro de Informações das Nações Unidas (Unic) no Rio de Janeiro. Todos os participantes deverão dizer, em suas mensagens, qual é o mundo que desejam ter nos próximos 20 anos.

Este material será coletado e utilizado para montar vídeos que serão exibidos durante a Rio+20, em junho de 2012. A ideia dos organizadores da conferência é fazer as pessoas refletirem sobre a realidade atual do meio ambiente e, também, fazer com que pensem como será possível melhorar a qualidade de vida na Terra sem degradá-la.

Na apresentação oficial da campanha Rio+20, o subsecretário-geral para comunicação e informação das Nações Unidas, Kiyo Akasaka, disse que as nações não estão realmente comprometidas em preservar o meio ambiente. “Líderes de países desenvolvidos não estão levando a sério a questão do meio ambiente. Muitos países ainda não implementaram os compromissos assumidos no Protocolo de Kyoto”, afirmou.

Segundo Akasaka, negociadores dos estados membros das Nações Unidas irão se reunir já a partir de janeiro de 2012 para definir um documento oficial para a Rio+20. Essas reuniões serão feitas mensalmente. Ele já adiantou, contudo, que defende a necessidade de metas mais concretas para os países para preservar o equilíbrio natural do Planeta.

Representante do Itamaraty no evento, o embaixador Tovar Nunes afirmou que o Ministério das Relações Exteriores “já tem feito esse exercício de engajamento da sociedade civil”, por meio de reuniões em que representantes da sociedade se manifestam sobre as políticas que devem ser seguidas para o desenvolvimento sustentável.

Fonte: ANBA
Anúncios

Deixe uma resposta - Lembramos que não serão permitidos comentários com conteúdo ofensivo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: