Estudo sobre um simples e belíssimo fenômeno meteorológico ajuda a prever o papel das nuvens na mudança climática

Fenômeno ótico conhecido como "Luz de Buda" na China e "Glória" - Imagem: dailymail.co.uk

Num voo diurno escolha uma janela que permita localizar a sombra do avião nas nuvens; isso supõe deduzir a direção de deslocamento da aeronave em relação à posição do Sol. Se você tiver sorte, poderá ser recompensado com uma das mais belas visões meteorológicas: um halo multicolorido circundando a sombra. Seus anéis iridescentes não são os de um arco- íris mas um efeito diferente e mais sutil chamado glória. Esse efeito é mais marcante quando as nuvens estão mais próximas: neste caso o fenômeno domina todo o horizonte.

Se você for um montanhista poderá observar a glória logo após o nascer do sol, em torno da sombra que sua cabeça projeta sobre as nuvens próximas. Veja a descrição da primeira publicação, de 1748, relativa a uma observação feita uma década antes por membros de uma expedição científica francesa ao topo do Pambamarca, no que é hoje o Equador:

“Uma nuvem que nos cobria dissolveu-se e deixou passar os raios do sol levante… Então cada um de nós viu sua própria sombra projetada sobre a nuvem… O que nos pareceu mais notável foi a aparência de um halo ou glória em volta da cabeça, formado por três ou quatro pequenos círculos concêntricos, muito brilhantemente coloridos… A coisa mais surpreendente foi que, das seis ou sete pessoas presentes, cada uma delas viu o fenômeno somente em volta da sombra de sua própria cabeça, e nada via ao redor das outras cabeças”.

Continue lendo este artigo de H. Moysés Nussenzveig (é professor emérito de física da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e ganhador do prêmio Max Born da Optical Society of America. Ele desenvolveu abordagens teóricas inovadoras numa ampla gama de fenômenos ópticos e atualmente pesquisa biofísica celular) na Scientifc American Brasil, em  “A Ciência da Glória”

Anúncios

Uma resposta to “Estudo sobre um simples e belíssimo fenômeno meteorológico ajuda a prever o papel das nuvens na mudança climática”

  1. Denise Coltelli Says:

    Interessante a imagem…

    Curtir


Deixe uma resposta - Lembramos que não serão permitidos comentários com conteúdo ofensivo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: