Pinguins-imperadores se tornam as primeiras criaturas a serem contadas a partir do espaço

Pinguim-Imperador - Foto: British Antarctic Survey

O primeiro censo de espécies inteiras usando imagens de satélite revela o dobro do número antes considerado de Pinguins-imperadores, ou seja, o impacto das alterações climáticas podem ser monitoradas muito mais precisão.

Ser capaz de avaliar o número total de aves do espaço é valioso pois essa raça de pingüins vive em áreas remotas e muitas vezes inacessíveis, com temperaturas tão baixas como -50 ° C, e por isso são muito difíceis de serem estudados do solo.

“O método utilizado é um enorme passo à frente no estudo da ecologia na Antártida porque podemos realizar pesquisas de forma segura e com pouco impacto ambiental, e determinar estimativas de uma população de pingüins inteira”, disse Michelle LaRue da Universidade de Minnesota.

O trabalho revelou sete colônias previamente desconhecidas e analisados 44 colônias no total. O estudo, conduzido por cientistas do British Antarctic Survey e colegas internacionais, foi publicado na revista   PLoS ONE

Fonte: guardian.co.uk e plosone.org

Anúncios

Deixe uma resposta - Lembramos que não serão permitidos comentários com conteúdo ofensivo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: