FAO pede moratoria global a pesquisas utilizando virus mortal para o gado

peste bovinaA agência alimentar das Nações Unidas fez um pedido para que os países façam adesão à uma moratória global sobre pesquisas que façam uso do vírus da peste bovina, para garantir que a doença mortal para o gado permaneça erradicada.

Doença viral altamente infecciosa, a peste bovina não afeta diretamente humanos, mas mata em poucos dias um animal doente e pode eliminar rebanhos inteiros. O último surto ocorreu no Quênia em 2001.

“Ainda que a peste bovina tenha sido erradicada com sucesso, há alguns materiais de vírus que podem ser úteis para desenvolvimento de pesquisas”, disse o chefe do escritório veterinário da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), Juan Lubroth, observando que os países “devem garantir que esse material seja mantido em apenas alguns laboratórios seguros para evitar riscos inaceitáveis”. Declarada erradicada há um ano  pela FAO e pela Organização Mundial para Saúde Animal (OIE), a peste bovina só continua a existir em laboratórios.

Em um comunicado de imprensa, a FAO afirmou que trabalha com a OIE para destruir amostras do vírus de peste bovina potencialmente perigosas e materiais biológicos armazenados em mais de 40 laboratórios em todo o mundo, alguns em níveis insuficientes de biossegurança.

“Amostras de vírus devem ser mantidas em segurança ou de outra forma devem ser destruídas”, disse Lubroth. “Devemos permanecer vigilantes para que a peste bovina continue a ser uma doença do passado”.

Em duas resoluções internacionais aprovadas no ano passado, os países membros da OIE e da FAO concordaram em destruir os estoques remanescentes do vírus ou armazená-los em segurança em um número limitado de laboratórios de alta segurança aprovados por ambas as organizações. Eles também concordaram em proibir qualquer pesquisa que use o vírus vivo, a menos que seja aprovada pela FAO e OIE.

Fonte: onu.org.br

Anúncios

Deixe uma resposta - Lembramos que não serão permitidos comentários com conteúdo ofensivo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: