50 países reunidos na Alemanha para salvar os tubarões: milhões de anos de evolução virando “sopa”

Foto: wikipedia/Albert kok

Você tem medo de tubarão? Aquele bicho cheio de dentes apavorantes que protagonizou o filme de Steven Spielberg, surgindo então como inimigo nº 1 do Homem, devorando-nos em grandes mordidas?

Mas ao contrário dos filmes, os ataques “não provocados” de tubarão são extremamente raros.. e os fatais ainda mais raros. De acordo com o Arquivo Internacional de Ataque de Tubarões, apenas seis pessoas no mundo foram mortas por tubarões em 2010. Algumas condições ambientais também podem provocar o ataque como a falta de alimento em determinada região (geralmente essa falta de alimento é ocasionada pelas nossas próprias ações, ou seja, também temos culpa).

Mas parece que os seres humanos são bem mais ferozes que os tubarões: a cada ano os pescadores matam até 73 milhões de tubarões, geralmente para simplesmente cortar suas barbatanas – que são valorizadas por seu uso no preparo de uma sopa, um prato popular na Ásia – antes de jogar as carcaças sangrentas ao mar.

Outras dezenas de milhões de outros tubarões  morrem a cada ano acidentalmente por causa de técnicas de pesca usadas para outros tipos de peixe. Como resultado, a União Internacional para a Conservação da Natureza estima que mais de um terço de todas espécies de tubarão estão ameaçadas de extinção, incluindo o grande tubarão branco.

Temos de nos perguntar se o título “tubarão assassino” não seria inapropriado… os tubarões não são os assassinos na verdade – nós somos. Sobreviveram aos 400 milhões de anos, evoluindo, e agora destinamos para eles um lugar de honra na história do planeta: dentro de um prato de sopa.

Com informações da Time.com

Luz no fim do túnel?

O mercado de barbatanas de tubarão, usadas em sopa de barbatana de tubarão, é uma grande ameaça para as populações de tubarões, com barbatanas entre os produtos de peixe mais caros do mundo: US$ $ 740 (£ 456) por quilo. O elevado valor das barbatanas em comparação ao valor normalmente menor do resto da carne de tubarão cria um incentivo econômico para a prática de desperdício, cortando fora as barbatanas do tubarão e descartando o corpo no mar. Várias cadeias de hotéis na Ásia, incluindo Shangri-La Peninsula, já proibiram a sopa de barbatana de tubarão, como resultado da campanha pelo fim da remoção das barbatanas.

As “caça” às barbatanas de tubarão foi banida de mais de 60 nações pesqueiras, bem como a União Européia, mas a prática continua e é difícil sua fiscalização. Esta semana, em Bonn, na Alemanha, 50 países se reúnem para tratar do assunto, o que engloba, por incrível que pareça, salvar os tubarões da extinção.

Fonte: guardian.co.uk

Anúncios

Deixe uma resposta - Lembramos que não serão permitidos comentários com conteúdo ofensivo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: