Software premiado auxilia criancas vitimas de escalpelamento nos rios da amazonia

escalpelamentoUm empreendimento que já foi premiado pela Universidade do Estado do Pará (Uepa) como a melhor tecnologia de acessibilidade da região Norte foi destaque na sétima edição da Feira do Empreendedor em Belém, promovida pelo Sebrae no Pará. Trata-se da Empresa Brasileira de Informática (EBI), que desenvolveu o Navega Feliz, programa de computador inovador criado em parceria com a Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) e Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará (FSCMP). A iniciativa está sendo usada como ferramenta educativa e terapêutica para o atendimento de pacientes escalpelados na Santa Casa.

O software “Navega Feliz” traz opções de jogo da memória, criação de histórias em quadrinhos e pinturas, usando personagens e paisagens regionais como a população ribeirinha amazônica, com suas embarcações, rios e florestas. Segundo Vitor Alves, entre as personagens do site está uma bonequinha que usa touca. “Isso é uma das características das meninas escalpeladas e funciona como alerta para o acidente que ainda ocorre com frequência nos rios da Amazônia. O legal do site é que ele possibilita que essas vítimas superem o trauma vivido e se expressem por meio das historinhas em quadrinhos, uma das ferramentas utilizadas”, explica.

O projeto Navega Feliz começou a ser desenvolvido em 2008, com o financiamento da Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa (Fapespa) e tinha a intenção de desenvolver um software educativo. Hoje, ele integra o Programa de Direitos Humanos e Aprendizado em Rede com financiamento do governo federal. Ainda de acordo com Bruno Alves, gerente de ensino da Santa Casa, o programa é um instrumento interativo, que estimula a socialização e o bem estar das crianças internadas. “Ele está totalmente formatado e pode ser usado não só com os pacientes escalpelados, mas por toda a classe hospitalar”, afirma.

Segundo Larissa Sato, uma das idealizadoras do software, além dos recursos já existentes, o Navega Feliz ainda vai comportar um módulo de prevenção ao acidente de escalpelamento e recursos mais adequados ao público adulto. “Vamos incluir mais esse recurso e pretendemos também oferecer outros formatos de jogos e atividades que contemplem as necessidades das pacientes adultas, já que o conteúdo atual é mais voltado para o público infantil”, finaliza. O software é livre e pode ser acessado no site www.ebi.com.br/navegaFeliz.

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

Deixe uma resposta - Lembramos que não serão permitidos comentários com conteúdo ofensivo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: