Nanotecnologia e meio ambiente: perigos do “nano-lixo” x benefícios da tecnologia em debate

Pesquisas mostram que a nanotecnologia já está presente em mais de mil produtos de consumo em todo o mundo, como cosméticos, tecidos e aparelhos eletrônicos.

Não há dúvida de que a nanotecnologia oferece a perspectiva de grandes avanços que permitam melhorar a qualidade de vida e ajudar a preservar o meio ambiente. Entretanto, como qualquer área da tecnologia que faz uso intensivo de novos materiais e substâncias químicas, ela traz consigo alguns riscos ao meio ambiente e à saúde humana.


As três principais áreas nas quais podemos esperar grandes benefícios provenientes da nanotecnologia são:

Na prevenção de poluição ou dos danos indiretos ao meio ambiente: Por exemplo, o uso de nanomateriais catalíticos que aumentam a eficiência e a seletividade de processos industriais resultaria num aproveitamento mais eficiente de matérias primas, com consumo menor de energia e produção de quantidades menores de resíduos indesejáveis. A nanotecnologia vem contribuindo para o desenvolvimento de sistemas de iluminação de baixo consumo energético. Na área da informática, o uso de nanoestruturas de origem biológica pode oferecer uma estratégia alternativa para a fabricação de dispositivos microeletrônicos. A nanotecnologia também vem aprimorando o desenvolvimento de displays (como, por exemplo, monitores de computador ou displays dobráveis de plástico que podem ser lidos como uma folha de papel) que, além de serem mais leves e possuirem melhor definição, apresentam as vantagens da ausência de metais tóxicos na sua fabricação e de terem um consumo menor de energia.

A disponibilidade de materiais mais resistentes permitirá o desenvolvimento de máquinas muito mais potentes, capazes de destruir grandes áreas do nosso planeta a um ritmo muito mais acelerado.

– No tratamento ou remediação de poluição: A grande área superficial das nanopartículas lhes confere, em muitos casos, excelentes propriedades de adsorção de metais e substâncias orgânicas. A etapa subseqüente de coleta das partículas e remoção de poluentes pode ser facilitada pelo uso, por exemplo, de nanopartículas magnéticas. As propriedades redox e/ou de semicondutor de nanopartículas podem ser aproveitadas em processos de tratamento de efluentes industriais e de águas e solos contaminados baseados na degradação química ou fotoquímica de poluentes orgânicos. Num cenário futurístico, um exército de nano-bots poderia ser utilizado para descontaminar microscopicamente sítios de derrame de produtos químicos.

– Na detecção e monitoramento de poluição: A nanotecnologia vem permitindo a fabricação de sensores cada vez menores, mais seletivos e mais sensíveis para a detecção e monitoramento de poluentes orgânicos e inorgânicos no meio ambiente. Avanços em sensores para a detecção de poluentes implicam diretamente num melhor controle de processos industriais; na detecção mais precoce e precisa da existência de problemas de contaminação; no acompanhamento, em tempo real, do progresso dos procedimentos de tratamento e remediação de poluentes; num monitoramento mais efetivo dos níveis de poluentes em alimentos e outros produtos de consumo humano; na capacidade técnica de implementar normas ambientais mais rígidas, etc.

A natureza compacta da maquinaria fabricada graças à nanotecnologia poderia promover o uso de produtos muito pequenos. Por sua vez, isto criaria um tipo de “nano-lixo”, difícil de eliminar, e que poderia originar problemas de saúde.

Não obstante estas perspectivas animadoras dos benefícios da nanotecnologia para a melhoria do meio ambiente, não se deve subestimar o potencial para danos ao meio ambiente. As mesmas características que tornam as nanopartículas interessantes do ponto de vista de aplicação tecnológica, podem ser indesejáveis quando essas são liberadas ao meio ambiente.

O pequeno tamanho das nanopartículas facilita sua difusão e transporte na atmosfera, em águas e em solos, ao passo que dificulta sua remoção por técnicas usuais de filtração. Pode facilitar também a entrada e o acúmulo de nanopartículas em células vivas. De modo geral, sabe-se muito pouco ou nada sobre a biodisponibilidade, biodegradabilidade e toxicidade de novos nanomateriais.

A contaminação do meio ambiente por nanomateriais com grande área superficial, boa resistência mecânica e atividade catalítica pode resultar na concentração de compostos tóxicos na superfície das nanopartículas, com posterior transporte no meio ambiente ou acúmulo ao longo da cadeia alimentar; na adsorção de biomoléculas, com conseqüente interferência em processos biológicos in vivo; numa maior resistência à degradação (portanto, maior persistência no meio ambiente) e em catálise de reações químicas indesejáveis no meio ambiente. (fonte: Scielo Brasil)

6 Respostas to “Nanotecnologia e meio ambiente: perigos do “nano-lixo” x benefícios da tecnologia em debate”

  1. Estudo destaca os riscos potenciais da nanotecnologia « Eco4u Says:

    […] também para saber mais sobre o tema em Nanotecnologia e meio ambiente: perigos do “nano-lixo” x benefícios da tecnologia em debate Compartilhe:CompartilharEmailDiggPrintGostar disso:GostoSeja o primeiro a gostar disso post. […]

  2. Brasil sediará novo centro binacional de nanotecnologia « Eco4u Says:

    […] mais sobre nanotecnologia aqui no blog em Nanotecnologia e meio ambiente: perigos do “nano-lixo” x benefícios da tecnologia em debate Rate this: Compartilhe:ShareEmailDiggPrintLike this:LikeBe the first to like this post. Publicado […]

  3. Brasil e China vão construir centro de nanotecnologia em Campinas « Eco4u Says:

    […] Leia mais sobre o assunto aqui no blog, em: Nanotecnologia e meio ambiente: perigos do “nano-lixo” x benefícios da tecnologia em debate […]

  4. Tairine café Says:

    Num entendo nada

  5. Cientistas usam nanotecnologia para ver impressões digitais fracas e antigas « Eco4u Says:

    […] Leia mais sobre nanotecnologia aqui no blog –  Nanotecnologia e meio ambiente: perigos do “nano-lixo” x benefícios da tecnologia em debate […]


Deixe uma resposta - Lembramos que não serão permitidos comentários com conteúdo ofensivo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: