Desastre em Mariana: Você sabe como purificar a água para consumo em situações de emergência?

Áreas inundadas podem contaminar a rede de distribuição de água ou mesmo provocar a interrupção do fornecimento

No dia 5 de novembro deste ano, o rompimento de duas barragens de rejeitos da mineradora Samarco causou uma enxurrada de lama que inundou várias casas no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, na Região Central de Minas Gerais.

Desastres como enchentes, tsunamis e terremotos muitas vezes resultam na propagação de doenças como a gastroenterite, giardíase e até mesmo a cólera por causa de uma escassez imediata de água potável.

Pesquisadores da área de química da Universidade McGill, deram um passo fundamental para fazer um filtro de papel, barato e portátil, revestido com nanopartículas de prata para ser utilizado nestes contextos de emergência em um estudo publicado recentemente no Journal of Environmental Science & Technology. Leia mais em “Cientistas estudam forma de purificar água em situações deemergência”

Mariana (MG) - barragem pertencente à mineradora Samarco se rompeu no distrito de Bento Rodrigues, zona rural a 23 quilômetros de Mariana, em Minas Gerais (Corpo de Bombeiros/MG - Divulgação)

Mariana (MG) – barragem pertencente à mineradora Samarco se rompeu no distrito de Bento Rodrigues, zona rural a 23 quilômetros de Mariana, em Minas Gerais (Corpo de Bombeiros/MG – Divulgação)

Enquanto não chega em nossas mãos essa nova solução, sempre é bom saber como purificar a água em situações de emergência.

Na realidade cada vez mais ficamos frente a frente com situações assim, seja por terremotos, deslizamentos ou mesmo por enchentes em grandes cidades.

Colocamos aqui algumas formas práticas para purificação da água mas lembre-se: essas técnicas devem ser utilizadas somente para emergências e não transformá-las em prática no cotidiano.

1. Se ela estiver turva, primeiro filtre-a com panos limpos ou espere que os resídos assentem e em seguida retire a água limpa. Depois, você pode ferver a água por um minuto para matar a maioria dos organismos causadores de doenças.

Purificação da água usando garrafas plásticas transparentes e luz solar

2. Você também pode adicionar um oitavo de uma colher de chá de alvejante caseiro por 3 litros de água. Você deve dobrar a quantidade se a água estiver descolorada ou turva. Mexa e deixe descansar por 30 minutos. Você também pode usar cinco gotas de iodo por galão para desinfetar a água.

3. Se estiver sol você pode colocar a água que foi filtrada em panos limpos (ou mesmo em filtro de papel para café) em garrafas plásticas transparentes e limpas. Encha apenas 2/3 de cada garrafa. Colocar as garrafas deitadas, sobre um plástico preto, pelo menos durante 6 horas ao sol. O local deve receber luz solar abundante durante todo o período. O telhado é um dos melhores lugares para isso.

Para todas as técnicas, se possível, ferva a água. São processos emergenciais e simples mas que podem salvar vidas. Lembre-se: Essas técnicas devem ser utilizadas somente em caso de extrema necessidade.

2 Respostas to “Desastre em Mariana: Você sabe como purificar a água para consumo em situações de emergência?”

  1. Alessandro Turci Says:

    Muito interessante.
    Abraços


Deixe uma resposta - Lembramos que não serão permitidos comentários com conteúdo ofensivo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: